al.abra

A Mastercard anunciou na última segunda-feira (30) a suspensão do aumento de tarifa que afetaria os segmentos de bares e restaurantes.Esse aumento que poderia chegar a até 40%, gerou uma comoção significativa do setor, que, movido Abrasel (Associação Brasileira de Bares e Restaurantes), organizou uma onda de união por todo o país para suspender a possível mudança.

A medida veio, graças a uma ação aberta no Cade (Conselho Administrativo de Defesa Econômica), organizada pela Abrasel, na última sexta-feira (27). Também foi solicitará uma medida cautelar que suspendesse o reajuste, além de uma investigação na estrutura.

Paulo Solmucci, presidente da Abrasel, informa que o Cadê decidiu abrir um processo contra a MasterCard, que em sua defesa afirma ainda não ter sido notificada.

Comentários