al.abra

A Abrasel em Alagoas esteve presente no mais recente encontro promovido pela Prefeitura de Maceió, para debater sobre o retorno das medidas preventivas ao contágio das síndromes gripais e da COVID-19. Nesse momento, a associação foi representada pela diretora executiva Vega Vergetti e pelo diretor Marcus Batalha.

Os alinhamentos realizados giram em torno de condições que já são conhecidas dos estabelecimentos:

- Uso obrigatório de máscara por todos os colaboradores;

- Disponibilidade de álcool em gel ou álcool 70% em todos os estabelecimentos;

- Uso da capacidade do estabelecimento, sem superlotação;

- Proibição de pessoas circulando sem máscara ou pessoas dançando no salão;

- Anuncio frequente pelos músicos que estiverem se apresentando, sobre o respeito as medidas;

- Providenciar o Selo Ambiente Seguro evidenciando a vacinação de todos os seus colaboradores.

Ao fim da reunião, a Abrasel conseguiu reverter uma das mais impactantes sugestões da prefeitura, que seria o funcionamento limite até às 2h da manhã para os bares e restaurantes que realizam shows. Mas, este momento, não haverá restrição no horário de funcionamento para essas casas, no entanto será exigida, a apresentação do CARTÃO DE VACINAÇÃO na entrada do estabelecimento.

As medidas precisarão ser cumpridas por todos, visto que a prefeitura se comprometeu com o retorno da fiscalização e das blitzes em toda a cidade. Ainda que neste momento não seja publicado um decreto que tarde unicamente dessas medidas, em caso de descumprimento, o estabelecimento será punido.

Comentários