al.abra

Estabelecimentos comerciais e indústrias de pequeno porte, cujas operações estão sendo afetadas pelos efeitos do COVID-19 poderão dividir as faturas de gás natural em até 10 vezes sem juros.

Mesmo após um ano, a crise causada pela pandemia do COVID-19 continua afetando não só a saúde das pessoas, mas também tem impactado diversos setores da economia. Com a entrada do estado na fase vermelha, os estabelecimentos empresariais alagoanos já começaram a sentir os efeitos negativos do novo coronavírus em suas operações.

Pensando em contribuir com os seus clientes comerciais e com as indústrias de pequeno porte que estiverem em dificuldade, a Algás relançou um pacote oferecido no início da pandemia, como uma opção de apoio para ajudar as empresas a passarem por este momento delicado. Batizado como “Conta com a Algás”, o programa pretende possibilitar para os estabelecimentos a isenção das multas e juros dos meses de março, abril e maio, e o parcelamento dessas faturas em até 10 vezes, com a primeira parcela apenas para junho.

Para o diretor presidente da Algás, José Ediberto de Omena, essa é uma medida que reforça a missão e os valores da Algás, além de oferecer uma contribuição para esse momento de dificuldade em Alagoas. “Na vivência de mais um ciclo delicado nesse cenário de pandemia, a Algás reconhece o seu papel como vetor de desenvolvimento sustentável e acredita que deve estar junto de seus clientes, buscando soluções e dando todo o apoio possível”, destaca Omena.

Tal ação da Algás está diretamente ligada às boas práticas de gestão e relacionamento com as partes interessadas do negócio, sendo tomada em observação ao mercado e em contato com representantes de classe, como a Associação Brasileira de Bares e Restaurantes – Abrasel/AL.

O pacote é válido para os clientes comerciais e indústrias de pequeno porte, incluindo aqueles que consomem até o equivalente a 1.000m³/dia, adimplentes até fevereiro e já começa a valer a partir desta terça-feira (23).

Os clientes que desejarem aderir ao programa devem entrar em contato com a Algás pelo número 117 (ligação gratuita e 24h) ou pelo SAC online, disponível em algas.com.br

Estabelecimentos comerciais e indústrias de pequeno porte, cujas operações estão sendo afetadas pelos efeitos do COVID-19 poderão dividir as faturas de gás natural em até 10 vezes sem juros.

Mesmo após um ano, a crise causada pela pandemia do COVID-19 continua afetando não só a saúde das pessoas, mas também tem impactado diversos setores da economia. Com a entrada do estado na fase vermelha, os estabelecimentos empresariais alagoanos já começaram a sentir os efeitos negativos do novo coronavírus em suas operações.

Pensando em contribuir com os seus clientes comerciais e com as indústrias de pequeno porte que estiverem em dificuldade, a Algás relançou um pacote oferecido no início da pandemia, como uma opção de apoio para ajudar as empresas a passarem por este momento delicado. Batizado como “Conta com a Algás”, o programa pretende possibilitar para os estabelecimentos a isenção das multas e juros dos meses de março, abril e maio, e o parcelamento dessas faturas em até 10 vezes, com a primeira parcela apenas para junho.

Para o diretor presidente da Algás, José Ediberto de Omena, essa é uma medida que reforça a missão e os valores da Algás, além de oferecer uma contribuição para esse momento de dificuldade em Alagoas. “Na vivência de mais um ciclo delicado nesse cenário de pandemia, a Algás reconhece o seu papel como vetor de desenvolvimento sustentável e acredita que deve estar junto de seus clientes, buscando soluções e dando todo o apoio possível”, destaca Omena.

Tal ação da Algás está diretamente ligada às boas práticas de gestão e relacionamento com as partes interessadas do negócio, sendo tomada em observação ao mercado e em contato com representantes de classe, como a Associação Brasileira de Bares e Restaurantes – Abrasel/AL.

O pacote é válido para os clientes comerciais e indústrias de pequeno porte, incluindo aqueles que consomem até o equivalente a 1.000m³/dia, adimplentes até fevereiro e já começa a valer a partir desta terça-feira (23).

Os clientes que desejarem aderir ao programa devem entrar em contato com a Algás pelo número 117 (ligação gratuita e 24h) ou pelo SAC online, disponível em algas.com.br.

Comentários