al.abra

Na tarde da última quarta-feira, 25, a Abrasel em Alagoas participou de reunião na prefeitura de Maceió a fim de discutir a medida circular que tratava da obrigatoriedade da vacinação de todos os colaboradores dos estabelecimentos do setor produtivo da capital alagoana, sob a pena de fechamento temporário das casas se houvesse algum colaborador que ainda não estivesse se vacinado naquele lugar.

Na ocasião, o presidente Brandão Júnior ressaltou a importância da vacinação de toda a população brasileira, destacando o posicionamento da Associação em relação a constante disseminação da campanha de imunização entre seus associados.

Após as ponderações dos representantes do setor produtivo em relação a necessidade de uma vacinação em massa, foi decidido, em comum acordo, que seria mais prudente a criação de uma campanha de incentivo e conscientização de imunização completa, que será criada e lançada pela Prefeitura de Maceió nas próximas semanas.

Durante a ação, será distribuído um selo que identifique os estabelecimentos cujo os colaboradores tenham se vacinado em sua totalidade. A princípio, a punição, inicialmente proposta, em relação ao fechamento das casas foi suspensa.

A Abrasel Alagoas segue trabalhando firme na disseminação das mensagens de apoio à imunização contra a COVID-19 e ciente de que esse é o caminho mais seguro e eficaz para a proteção e segurança de toda uma população.

Para finalizar, a entidade reforça seu compromisso em seguir contribuindo para vencer a pandemia, exigindo o uso das máscaras, distanciamento social, higienização das mãos e todas as orientações sanitárias exigidas pelas autoridades.

Comentários